Recomendações

(6)
De Medeiros Advocacia, Advogado
De Medeiros Advocacia
Comentário · há 5 anos
Boa tarde a todos.

Se o objetivo da implantação dos Casos Quentes for para melhorar as respostas dos advogados, penso que não é a melhor forma de atingir o objetivo.

Os advogados que sempre se dispuseram a responder corretamente as solicitações enviadas no site serão prejudicados. Porque provavelmente após encerrar as três respostas gratuitas que terão direito de responder, terão provavelmente, de pagar um adicional por suas respostas.

Se for esta a intenção da implantação do novo sistema, com certeza a realidade será o propósito comercial do site.

Na realidade, quando as respostas padronizadas chegam aos seus remetentes sem nenhum conteúdo ou menção sobre o seu caso, estes sim, os consulentes, deveriam avaliar a resposta como sendo péssima, fazendo com que a avaliação do advogado fosse ruim. Cabe ao consulentes, avaliarem as respostas. Assim os advogados seriam mais cautelosos em responder aos casos.

Quanto a preocupação da Jusbrasil na concorrência mais justa entre os assinantes PRO, penso que também não condiz com a realidade.

Se há em sua maioria, respostas pouco elaboradas ou sem nexo dos advogados assinantes PRO, como expõe o Jusbrasil, penso que aqueles advogados, dispostos a analisar o caso e enviar uma boa resposta ao seu potencial cliente, com certeza estas boas respostas, mesmo que cheguem entre muitas, irão sobressair-se sobre a grande maioria, e o potencial cliente irá contatá-lo.

Gostaria de saber onde encontramos, em sua grande maioria, as reclamações das quais a Jusbrasil utilizou para decidir sobre a implantação dos Casos Quentes.

Duvidoso também, é a forma que o sistema irá analisar a diferença dos Casos Quentes para outro qualquer. O sistema de diferenciação deverá ser baseado em alguma palavra específica do texto do consulente ou através da marcação, ao final da página, da contratação do advogado ou dúvida.

O fator importante, que a Jusbrasil não avaliou, quando da implantação dos Casos Quentes, foi que a grande maioria dos consulentes, apenas desejam uma orientação e não a contratação de um advogado. Mas mesmo assim a grande maioria dos consulentes marcam a contratação de um advogado.

Portanto, se a intenção é apenas comercial, será somente uma outra forma de lucrar com as respostas dos advogados que também constroem este site.

Provavelmente os advogados PRO, que já pagam uma assinatura, e terão de pagar por suas respostas, não o farão, deixando assim desamparados, em sua grande maioria, aqueles que desejam apenas uma informação jurídica, e por ter marcado a contratação do advogado, ficarão sem respostas.

Teremos de aguardar e verificar o que a Jusbrasil irá proporcionar de vantagem aos advogados PRO, após responderem as três perguntas que tem direito a responder gratuitamente nos Casos Quentes.

Voltarei para futuro comentário da implantação dos Casos Quentes.

Tenham um ótimo dia.
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Ribeirão Preto (SP)

Carregando

Gustavo Giarllarielli

João Penteado, 1570, Ribeirão Preto - São Paulo (Estado) - 14020-180

Entrar em contato